20 anos depois eu continuo uma criança



Vinte anos depois d'A Pedra Filosofal e eu ainda guardo a minha varinha junto à cama. Ainda espero a carta de Hogwarts, ainda acho que a minha gata é a minha professora de magia negra, ainda considero os filmes os meus filmes preferidos, ainda tenho vontade de ir ao PotterMore, ainda acredito que vou encontrar o Ron cada vez que entro na Lello. Ainda sou uma criança que nunca quis deixar de acreditar na magia. 
Ao longo das histórias e dos filmes, acho que ganhei uma coisa indispensável para a vida: o feitio da Hermione Granger.

Não consigo lidar bem com o facto de já terem passado 20 anos desde o início desta aventura, mas lido muito bem sempre que vejo pessoal mais novo a admirar tanto isto como eu admirava quando era uma pirralha sempre ansiosa pelo lançamento novo ou por mais uma estreia. 
No fim de contas, estamos velhos mas continuamos a ser crianças de 11 anos à espera da carta de Hogwarts. 
Always.

Quando alguém diz que o Harry Potter é só mais um filme para crianças.

Quando ainda abres a caixa do correio à procura de uma carta de Hogwarts mas normalmente é só publicidade a uma igreja esquisita e contas para pagar.

Quando alguém acha que tem mais poderes mágicos que tu.

Quando alguém diz que ainda não viu todos os filmes

Quando alguém diz que o Senhor dos Anéis é melhor que o Harry Potter.

Quando entras na Lello mas não vês lá nem o Ron nem a Hermione

Quando são 8 da noite e alguém decide rever um filme do Harry Potter (exactamente o que se está a passar cá em casa enquanto tento acabar este artigo)

Quando tu e o teu melhor amigo(a) têm uma telepatia mágica e lançam aquele olhar

Quando alguém te diz que já não tens idade para dormir com uma varinha na cabeceira e com um pijama do Harry Potter

Quando já passaram 20 anos e tu não recebeste a carta, não estudaste em Hogwarts nem sabes o que queres fazer da vida, ou que queres fazer à tua carreira

Etiquetas: ,